Imagem de Santa Luzia de 8cm em Resina

MATERIAL – RESINA |  TAMANHO – 8cm 

Processo Artesanal

Tinta Automotiva (DUCO)

Filetamento com detalhes em pó de ouro

Indicada para ambientes internos e externos

Para realizar a compra, envie uma mensagem em nosso WhatsApp.

No botão abaixo você conversa diretamente com nosso vendedor.

Solicitar orçamento
SKU: 002453 Categorias: ,

Descrição

O nome de Santa Luzia deriva do latim e significa: Portadora da luz. Santa Luzia nasceu no ano de 280, na cidade litorânea de Siracusa, Itália. Seus pais eram nobres e cristãos. O pai, Lucio, faleceu quando Luzia era muito pequena. Sua mãe, Eutíquia, a educou. 

Sua mãe era muito doente e debilitada, foi a procura de vários médicos, mas não conseguia se curar da hemorragia que lhe afligia. Foi então que sua filha ouvindo o chamado de Deus disse a sua mãe que deveriam ir juntas ao túmulo de Santa Agata. Eutíquia totalmente confiante na grandeza de sua filha foi até o túmulo de Santa Agata, e ela apareceu para Luzia dizendo: Luzia minha irmã, porque pedes a mim o que você mesma pode conseguir para sua mãe? Tua mãe já foi curada pela tua fé. E assim como a cidade de Catanha foi beatificada por mim, assim também por seu meio, será salva a cidade de Siracusa. Então, Luzia disse à mãe: Pela intercessão de S. Ágata, Jesus te curou. Nesse momento sua mãe sentiu que as forças lhe voltavam ao corpo e ficou curada.

Porém, logo após esse acontecimento, Luzia teve outro desafio, o seu pretendente. O rapaz queria de todas as formas se casar com Luzia, e não se conformou com a decisão contraria de sua amada, ele a denunciou ao Governador Pascásio, acusando-a de ser cristã. O imperador Diocleciano tinha emitido um decreto autorizando punição exemplar para os cristãos. Em um primeiro momento tentaram desonrar a Luzia, a Santa foi julgada e condenada, e como dava total importância a virgindade e ao amor a Jesus Cristo, o governador mandou que a levassem a um prostíbulo, porém milagrosamente não havia força humana que a retirasse do local, conta a história que ela estava firme como uma montanha, nem mesmo vários bois conseguiram mover a virgem.

O governador, furioso, mandou matá-la ali mesmo. Os carrascos jogaram sobre ela resina e azeite fervendo, mas nada aconteceu à jovem. Os carrascos continuaram com o seu martírio e lhe arrancaram os olhos. Daí vem a devoção a Santa Luzia como protetora dos olhos.

Santa Luzia morreu no dia 13 de dezembro do ano de 304, e é nesse dia que comemoramos sua sagrada festa. 

Quer saber mais sobre a história Santa Luzia?

Acesse o link abaixo e veja mais em nosso blog.

https://verdeamareloartesacra.blogspot.com/2020/02/santa-luzia.html

Imagens Sacras